June 19, 2024

A emergente implementação do protocolo Ordinals na rede do Bitcoin tem gerado debates acalorados e aberto um novo horizonte de possibilidades para desenvolvedores e mineradores. No entanto, um potencial risco tem sido apontado por Eric Wall, um desenvolvedor e membro da organização Taproot Wizards: a ameaça de centralização devido aos tokens BRC-20.

O temor de Wall está diretamente relacionado ao Valor Extraível do Minerador (MEV, na sigla em inglês). Já presente na rede Ethereum, o MEV diz respeito à capacidade dos mineradores de manipular estrategicamente a inclusão ou reordenação de transações em um bloco, visando obter lucros adicionais.

Técnicas como o frontrunning, que permitem aos mineradores antecipar e executar transações antes dos demais usuários, são exemplos desse fenômeno. Wall ressalta que essas são apenas algumas das diversas ações que podem ser derivadas dos protocolos de tokens e contratos inteligentes utilizados na rede do Bitcoin.

“Quando se torna fácil inserir dados arbitrários na blockchain, outras possibilidades podem ser desenvolvidas”, alertou Wall, destacando a existência de um “protocolo shitcoin completo dentro do protocolo Bitcoin”, referindo-se ao protocolo do token BRC-20.

Os tokens BRC-20 apresentam riscos para a rede Bitcoin Além disso, o desenvolvedor apontou que, embora a tokenização do Bitcoin já seja possível com protocolos como Omnilayer, atualmente estão sendo criadas extensões para protocolos como o BRC-20, devido à “enorme demanda de mercado por tokens BRC-20”.

Mas por que o MEV representa um risco de centralização para o Bitcoin? Wall ilustra seu argumento com o cenário recente no Ethereum.

No auge, 80% dos bots MEV que usam validadores Ethereum tiveram que se adequar às regulamentações da Agência de Controle de Ativos Estrangeiros dos Estados Unidos, a OFAC. Além disso, em 2022, 88% dos validadores utilizaram o MEV para maximizar seus ganhos.

“Se não tomarmos medidas, o pool de mineração de Bitcoin que melhor utilizar o MEV se tornará o maior, e todos vão querer se juntar a ele para ganhar mais dinheiro”, afirma Wall.

Ele ressalta ainda o perigo da centralização do poder de processamento, conhecido como taxa de hash, em um único pool. Por fim, Wall critica a equipe do Bitcoin Core, alegando que eles “não têm ideia de como o MEV funciona”. Comparando com o ecossistema Ethereum, que lida com o MEV há anos, Wall afirma: “no Bitcoin, eles ainda são amadores no assunto”.

Essa preocupação levanta importantes questões sobre os possíveis impactos da implementação do protocolo Ordinals e do uso de tokens BRC-20 na rede do Bitcoin. Embora a introdução de novas tecnologias e recursos possa trazer benefícios, é essencial considerar cuidadosamente os riscos envolvidos, como a centralização do poder e a manipulação estratégica das transações.

Para garantir a preservação dos princípios fundamentais do Bitcoin, é necessário um entendimento aprofundado dos desafios associados ao MEV e à utilização de tokens. Os desenvolvedores e a comunidade como um todo devem trabalhar em conjunto para explorar soluções que minimizem esses riscos e promovam uma rede Bitcoin verdadeiramente descentralizada e resistente à manipulação.

A pesquisa contínua, a conscientização e o diálogo construtivo são essenciais para acompanhar os avanços tecnológicos e garantir que o Bitcoin permaneça como uma força pioneira na indústria das criptomoedas. Somente com uma abordagem cuidadosa e uma compreensão profunda dos desafios envolvidos, poderemos fortalecer a resiliência do Bitcoin e promover sua adoção em uma escala global.

Concluindo, é crucial que a comunidade do Bitcoin leve a sério os riscos e as preocupações levantadas pelo desenvolvedor Eric Wall em relação ao MEV e à tokenização através do protocolo BRC-20. Ao aprimorar seu conhecimento e buscar soluções adequadas, a comunidade pode garantir a preservação dos valores essenciais do Bitcoin, como descentralização e segurança, e permitir seu crescimento contínuo como uma tecnologia revolucionária e confiável no panorama das criptomoedas.

Copyright © All rights reserved. | BroadNews by AF themes.